Paulo tinha alguns hobbies: tocar piano, fumar charuto e também cachimbo, colecionar alguns objetos antigos que achava em suas andanças como chaves e pregos de ferro. Óculos.

 

Piano

Adeus, velho piano da minha avó…
Os espaços exíguos te exilaram
Aonde te destroças entre calor e frio:
é preciso, querido sabujo, te arranjar,
por piedade,
umas ternas mãos que te cuidem
na provectude da idade.

Adeus, amor antigo do menino antigo
Que te já fez urrar de luxúria…
Adeus corpo negro em que retorcia-se
o meu em prazeres inauditos.

Lavemos nossas fontes e lágrimas:
Tantas canções e os improvisos que fizemos
até ficarmos, perfeitos,
entre tuas cordas falhas
e os meus próprios desacertos.

Paulo Bertran